top of page
  • IMB

Qual a importância do ultrassom na investigação da sua fertilidade?

O ultrassom desempenha um papel fundamental na investigação da fertilidade feminina. Esse exame é capaz de fornecer informações detalhadas sobre a saúde dos órgãos reprodutivos, como os ovários, útero e trompas uterinas. Ao visualizar essas estruturas e avaliar a presença de possíveis anormalidades, o ultrassom ajuda os profissionais de saúde a identificar condições que possam afetar a fertilidade, como cistos ovarianos, miomas uterinos ou pólipos endometriais.




Durante o exame de ultrassom, também é possível monitorar o desenvolvimento dos folículos ovarianos, que contêm os óvulos em processo de maturação. Essa informação é valiosa para auxiliar na determinação do período fértil e no planejamento de tratamentos de reprodução assistida, como a fertilização in vitro.


Além disso, o ultrassom transvaginal, especialmente, permite uma visualização mais detalhada e precisa das estruturas reprodutivas. Esse tipo de ultrassom, realizado com uma sonda introduzida na vagina, oferece imagens de alta resolução do útero e dos ovários, permitindo identificar anomalias que podem afetar a fertilidade, como a presença de pólipos ou endometriose.


Portanto, o ultrassom desempenha um papel essencial na investigação da fertilidade feminina. Ao fornecer informações detalhadas sobre a saúde dos órgãos reprodutivos, ajuda a identificar possíveis causas de infertilidade e orientar a escolha do tratamento mais adequado. Por meio do ultrassom, é possível obter uma avaliação precisa e individualizada, permitindo um cuidado personalizado para mulheres que desejam engravidar.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page